Memes do blog: use sem moderação


 

 

mosaico

 

 

 

O mundo se moderniza e se explica. Os memes de internet já são explicados na Wikipedia. Mas o que 99% dos usuários de memes nunca vão saber é que o termo “meme” existe há quase 40 anos e é oriunda dos estudos sobre a evolução humana.

O termo foi criado por pelo etnólogo Richard Dawkins e apareceu pela primeira vez no livro “O Gene Egoísta”. Será uma espécie de gene, não para a composição física, mas sim, psicológica e cultural. Para efeitos de esutdo, é uma unidade de evolução cultural que pode, de alguma forma, se autopropagar.

Sacaram a relação?

 

Entrando na onda dos memes – todo mundo pode ter os seus – aproveito pra lançar o quarteto exclusivo do blog do Guirado. Eles serão utilizados nas publicações para “ilustrar” notícias comentadas.

Em princípio criei quatro, mas, confome a necessidade do uso cotidiano, outros podem (e devem) surgir. Lembrando que todos os internautas estão convidados a copiá-los e utilizá-los, sem moderação.

 

Vamos a eles

 

 

1 – O Otimista

Chamei de “O Otimista” pra generalizar o meme que deve aparecer, invariavelmente, de forma sarcástica. Afinal, o mundo não boas notícias com tanta frequência.

otimista final

 

aplicação prática

 

 

otimista demonstração

 

 

 

2 – O Analítico

Esse meme é o mais versátil de todos, mas pela natureza do seu criador, deve aparecer na hora de sugerir grandes ideias que muitos vão achar pouco operacionais.

analítico final

 

aplicação prática

 

analítico demonstração

 

 

3 – O Desesperado

A coisa está tão ruim que não pode ficar pior? Pode. Esse meme nasceu para essas situações. E acreditem, são muitas.

pânico final

 

aplicação prática

 

pânico demonstração

 

 

 

4 – O Desiludido

“Desiludido” foi um termo que eu achei para sintetizar o pensamento deste meme. Na verdade, o nome que eu queria dar é muito comprido: “burrice pouca é bobagem”.

 

desiludido

 

aplicação prática

 

 

desconjurado demonstração

 

 

 

 

 

É isso. Bom proveito e força sempre!

 

 

ps.: todas as manchetes (inclusive aquela do Restart) são verdadeiras