Este é Tom Zé


Nascido em uma família de classe média em Irará, na região do recôncavo baiano, Antonio José Santana Martins, o Tom Zé, se interessou pela música ainda no segundo grau, e estudou por seis anos na Universidade de Música da Bahia.
O ‘estrelato’ veio em 1968, quando venceu o IV Festival de Música Popular Brasileira, da TV Record, com a canção “São Paulo, Meu Amor”. No mesmo ano ele gravou seu primeiro disco, “Tom Zé – Grande Liquidação”.
Também foi nesta época que junto com Caetano Veloso, Gilberto Gil, Gal Costa e Maria Bethânia e Os Mutantes para a gravação de “Tropicália ou Panis et Circensis”. A obra foi a definidora do movimento tropicalista.
Tom Zé é um dos músicos brasileiros mais ouvidos na Europa em todos os tempos. Além disso, vários de seus discos são considerados pela crítica cultural norte-americana como parte da lista das obras musicais mais importantes de todos os tempos. Ele se apresenta em Lençóis no dia 11 de novembro, às 21h na Concha Acústica.

 

 

Ouça a música “São Paulo, meu amor”