O lado esquerdo da Força


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama e o presidente afegão, Hamid Karzai, assinando tratado com Afeganistão.

 

 

 

Alexandre o Grande, Charles Chaplin, Ayrton Senna, Leonardo da Vinci, Albert Einstein, Jimmy Hendrix, Diego Armando Maradona… o que essas três figuras tem em comum, além da genialidade incontestável e a posição de destaque, cada um na sua arte?

Eles criam com o lado esquerdo.

O predomínio do lado direito do cérebro sobre o esquerdo é algum exceção no ser humano, determinada pela variação do gene LRRTM1, que codifica uma determinada proteína neuronal. Para a ciência, esse é o “retrato” do canhoto. Apesar de tão comum, o canhotismo é considerado uma “assimetria” e mesmo sendo tão comum – 10% da humanidade é canhota – ainda é pouco entendido.

E não raro, o canhoto é esquecido pelo mundo. Exagero? Tente cortar papel com uma tesoura, abrir uma maçaneta ou usar um abridor de latas com a mão esquerda. Inclusive socialmente. A Igreja Católica ensina as crianças a fazer Sinal da Cruz com a mão direita. Cumprimentamos as pessoas com a mão direita e quando o dia está ruim, dizemos ter acordado com o pé esquerdo. As carteiras de escola e os carros também foram projetados para destros.

Fora as superstições. Na Escócia, por exemplo, pessoas acreditam que quem entra em casa pisando primeiro com o pé esquerdo acaba trazendo má sorte. No Irã, usar a mão esquerda é considerado desonroso. Na Índia, a mão esquerda é considerada suja e as pessoas são proibidas de usá-la para comer.

Curiosamente, alguns dos maiores expoentes da raça humana são canhotos. Além dos citados na primeira linha, temos Isaac Newton, Joana D’Arc, Barak Obama, Napoleão Bonaparte, Kurt Cobain, Bill Gates, Fidel Castro, Paul McCartney, Ludwig Van Beethoven, Machado de Assis e Mahatma Gandhi.

Afinal, sinistros ou gênios?

 

 

 

Algumas curiosidades sobre “os da mão esquerda”

 

A maioria desenha figuras voltadas para a direita.

Entre gêmeos, existe uma alta probabilidade de um deles ser canhoto.

Existem duas vezes mais homens canhotos do que mulheres.

Recuperam-se mais rapidamente de derrames.

São numerosos entre as crianças com QI acima de 131.

São melhores em percepção tridimensional e pensamento.

Possuem excelente capacidade para processar informações simultâneas.

Vivem menos.

 

 

 

Dedicado à minha esposa Carol Guirado, o principal canhoto da minha vida

Abraços ao amigo Carlos Henrieque Mecatti Francisco, canhoto e amigo de infância