John Ronald Reuel Tolkien


o Um Anel

 

 

Três Anéis para os Reis-Elfos sob este céu;
Sete para os Senhores-Anões em seus rochosos corredores;
Nove para os Homens Mortais fadados a morrer;
Um para o Senhor do Escuro em seu Escuro Trono,
Na terra de Mordor, onde as Sombras se deitam.
Um Anel para a todos governar, Um Anel para encontrá-los,
Um Anel para a todos trazer e na Escuridão aprisioná-los,
Na terra de Mordor, onde as Sombras se deitam.

 

John Ronald Reuel Tolkien nasceu em Bournemouth, África do Sul, em 1892. Radicado no Reino Unido, doutorou-se em Letras e Filosofia. Lutou na Primeira Mundial, onde começou a rascunhar o complexo mundo de Arda, palco dos livros “O Hobbit”, a trilogia “Senhor dos Anéis” (A Sociedade do Anel, As duas Torres e O Retorno do Rei) e “O Silmarilion”, considerada sua principal obra.

Suas obras lhe deram o apelido de “o pai da literatura fantástica moderna”. Seus livros foram lançados em mais de 20 idiomas e venderam 200 milhões de cópia.

A idéia de seu primeiro grande sucesso, O Hobbit, veio enquanto Tolkien examinava documentos de alunos que queriam ingressar na Universidade. Um deles deixou uma página em branco, e nela o autor escreveu: “Em um buraco no chão vivia um hobbit, não sabia e não sei por quê”.