Os seguidores de Jedi


Imagine um campo de energia chamado “Força” que cerca, envolve e penetra tudo, unindo o nosso mundo. Existem dois lados dessa energia. Um deles é o lado luminoso ou bom, que gera a paz, a serenidade e o conhecimento, enquanto que o lado sombrio irradia a agressão, a raiva e o medo. Segundo o estudante Mauro Thiago da Silva Giovanetti, aluno da Unesp de Marília, esse cenário é familiar pelo fato da estrutura mental do ser humano estar acostumada com a dicotomia “bem” e “mal”, que está presente em todas as grandes religiões, seja o judaísmo, cristianismo, islã ou budismo.

Segundo o estudante, os jediistas ingleses consideram George Lucas como profeta, e a saga Star Wars como uma revelação. Ele explica que os adeptos desse movimento religioso buscam nos cultos a energização, motivação e paz, com base nos ensinamentos de personagens como Mestre Yoda e Obi-Wan Kenobi. Por essas e outras, a expressão emblemática “que a Força esteja com você” tornou-se uma oração para os seguidores de Jedi.